Teste Teste Teste Teste

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Rarine lamenta desvalorização do futsal feminino no país


Não para de repercutir negativamente a notícia  da não participação da Seleção Brasileira Feminina no V Torneio Internacional Feminino de Futsal, intitulado de 'Mundial', que terá a Costa Rica como sede.
A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) alega  questões financeiras o motivo da ausência do selecionado canarinho na competição.
Por todo o país pipocaram manistações de repudio e em Telêmaco Borba, a atleta Rarine, que já envergou a camisa do selecionado local, nesta terça feira (4), em rede social (facebook) publicou a sua indignação ao momento em que vive o futsal feminino no Brasil.
Leia na ítegra:

"Tive a oportunidade de defender as cores da nossa seleção, sei do sentimento. Nao sei se seria a. É triste você trabalhar o ano todo, para disputar UM campeonato pelo seu país e ainda não te-lo, pior ainda é as desculpas que dão: problemas financeiros. É engraçado que pra masculino mandam fazer uma quadra num estádio para um "amistoso". Tanto desrespeito com a modalidade realmente desanima nós que jogamos por amor à tal e tudo que pedimos é campeonatos e comprometimento. Inacreditável o Brasil fica de fora de um mundial, é inacreditável não ter nenhum campeonato nacional esse ano, ao não ser a liga nacional que foi apenas uma fase em 10 dias. É muito triste o que recebemos como resposta pelo trabalho que fazemos. O que não podemos é aceitar isso calada, e nos acomodar com tão pouco, ou digamos com nada. ‪#‎apoioaofutebolfeminino‬ ‪#‎vergonhoso‬ ‪#‎maisrespeito‬ "
convocada, mas o sentimento é pela modalidade que ninguem valoriz
←  Anterior Proxima  → Inicio
Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações