Teste Teste Teste Teste

sábado, 9 de novembro de 2013

Copagril vira jogo em Cascavel e conquista o título da Chave Ouro 2013

A Copagril/Sempre Vida/Marechal Cândido Rondon é campeã da Chave Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal de 2013. Mesmo desacreditado, o time rondonense mostrou grande superação e bateu o Muffatão/FAG/Mion/Cascavel Futsal, de virada, por 5x2, em pleno ginásio Mauro Sérgio Festugatto, em Cascavel. 

Foi a segunda conquista da Copagril, que também foi campeã estadual em 2009. O título também representou redenção, pois a equipe de Marechal não vencia o rival cascavelense desde abril do ano passado.

O jogo
O primeiro tempo foi dos anfitriões. A equipe de Cascavel precisou de pouco mais de dois minutos para abrir o placar: Adeírton aproveitou a bobeada da defesa adversária, que ficou assistindo ao lance, e acertou um chute seco, de perna direita: 1x0.

Logo após sofrer o tento, a Copagril tentou reagir com Diego que chutou duas vezes, mas o goleiro Deivid evitou o empate.

Na sequência, foi a vez do goleiro Quinzinho (que mesmo sentindo dores foi para a partida) se destacar com defesas importantes nos chutes de Guilherme, Daniel, Issamu e Deivid. O arqueio também contou coma sorte em um chute de Rafinha que foi parar na trave.

Mas a tarefa de Quinzinho iria ficar ainda mais difícil com a expulsão de Guerra, que levou o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. O Cascavel foi para cima, mas a Copagril conseguiu se segurar nos dois minutos com um a menos.

Porém, logo após suportar a pressão com um atleta a menos em quadra, os visitantes permitiram o segundo gol cascavelense aos 15 minutos. Issamu venceu dividida com Márcio e encontrou Cadine que acertou belo chute cruzado: 2x0.

Virada

Com a vantagem, parecia que o jogo (e o título) já estava definido para o Cascavel. Mas a reação começou ainda na primeira etapa. Em cobrança de tiro livre, Adi defendeu cobrança de Marcel, mas a arbitragem entendeu que o goleiro se adiantou e, na repetição, Marcel diminuiu: 2x1.

No segundo tempo, a equipe de Marechal Cândido Rondon voltou mais ‘ligada’ em quadra e o empate não demorou: aos dois minutos Alvin acertou belo chute, indefensável para Deivid.

Aos seis minutos veio a virada: Alvin encontrou Rangel livre de marcação para balançar a rede e alcançar uma virada que, um até um pouco antes, parecia improvável: 3x2.

Jogo fica aberto e Copagril amplia vantagem
 
Com o revés, que calou a torcida do Sérgio Mauro Festugatto, o Cascavel foi com tudo, com o goleiro Deivid jogando adiando, como goleiro-linha. A postura dos cascavelense deixou o jogo ainda mais emocionante, com chances dos dois lados – o Cascavel chegava com perigo com jogadas de ataque, mas corria grande perigo nos chutes de longa distância, com Deivid fora do gol.

A pressão se intensificou com Issamu assumindo a posição de goleiro-linha, mas quem tirou proveito da situação foi a Copagril. Faltando quatro minutos, a bola sobrou para o predestinado Rangel, que bateu quase da parte de traz de sua quadra de defesa para marcar pela segunda vez na noite: 4x2 para a Copagril.

O placar virou goleada quando faltavam três minutos. Desta vez foi o pivô Márcio que chutou para o gol vazio, decretando a vitória por 5x2. Quinzinho ainda teve a chance de ampliar ainda mais o marcador, mas a bola bateu na trave, caprichosamente.

Com a apito final, os jogadores e cerca de 100 torcedores que se deslocaram de Marechal para Cascavel fizeram a festa, celebrando um título que surpreendeu a muitos, por vários motivos. Mas no final, a festa foi da Copagril.

Copagril supera ano de altos e baixos

No decorrer do ano, a Copagril teve um ano de altos e baixos: na primeira fase, por exemplo, o time de Marechal terminou em 6º lugar. Já o Cascavel terminou em primeiro lugar nas fase classificatórias. O torcedor cascavelense valorizou a campanha de sua equipe e aplaudiu o time do Cascavel, mesmo na derrota.

Por outro lado, a Copagril, que teve um elenco todo renovado no começo da temporada, ganhou respaldo d e uma grande conquista para seguir com a mesma metodologia nos próximos anos. O técnico Marquinhos Xavier já teve seu contrato renovado. Agora o clube começa a pensar em quais atletas darão prosseguimento ao projeto em 2014. 

←  Anterior Proxima  → Inicio
Postar um comentário

Seguidores

Total de visualizações